terça-feira, 22 de maio de 2018

Nota de esclarecimento

Em meio as inúmeras reclamações sobre a atuação dos profissionais indicados pela Assovale, sobre a condução da prova pelos promotores dos eventos e sobre a própria atuação desta diretoria, vimos esclarecer e já tomar algumas providências:
1 - A diretoria buscou indicar/contratar os profissionais que comumente atuam em nossa região e, muitos deles, sugeridos pelos associados, isso não nos exime da responsabilidade de rever essas indicações em caso de erros recorrentes. Dessa feita, os profissionais que não estão atuando dentro dos padrões aceitáveis serão afastados já na próxima etapa e um novo contratado.
2 - É de responsabilidade do promotor do evento primar pela boa condução da corrida, cumprindo com os horários acordados, buscando disponibilizar para competição uma boiada boa e oferecendo condições mínimas para recepção e estadia dos competidores: como água, banheiros, energia para os caminhões dentre outras. E todas essas questões foram tratadas numa reunião com os mesmos. Isso posto e para coibir novos desrespeitos ao acordado:
2.1 - a Diretoria irá vistoriar o PQ na semana anterior que antecede a etapa e um dia antes.
2.1.1Na primeira visita será ajustado horários e tratado questões sobre estrutura  - banheiros, tanques, pista, dentre outros.
2.1.2 Será tratado sobre o gado, quantidade e qualidade.
2.1.3 Na segunda visita será vistoriada se tudo está pronto, inclusive se alguma correção sugerida na primeira visita foi feita.
2.2 - O organizador de etapa que descumprir com as ações sugeridas pela diretoria para recepção dos vaqueiros, que não cumprir os horários por  irresponsabilidade ou negligência será penalizado com a redução da ajuda de custo  da Assovale, podendo inclusive ser penalizado com a exclusão do Circuito no ano seguinte.
2.3 O organizador de etapa que nas categorias Amador e Amador Light submeter os competidores a uma boiada "ruim", totalmente, não mobral, será penalizado com a perda da ajuda de custo e a exclusão do Circuito no ano seguinte.
3 - Quanto a diretoria, todos nós somos cientes da gratuidade de nossa atuação, mas isso não nos exime de empenho e responsabilidade com o que nos propomos a fazer, assim sendo, passaremos a ter o plantão da diretoria nas etapas, um membro ou alguém indicado responderá por toda ela, a partir de uma hora antes do início da prova até as 23h de cada dia de competição. Sendo essa  a pessoa a tomar ciência e posição das celeumas geradas durante a prova.
3.1 - Restou claro para todos os membros da diretoria a total liberalidade para se desligar do grupo.
4. Outras questões serão tratadas e ajustadas para as próximas provas, dentre elas: qualidade do protetor, regras da ABVAQ e horários da categoria aberta.
A diretoria
João Teixeira
Cidney Lopes
Saul Morais
Ernilton
Almáquio Soares
Claudionor
Fernando Filho
Matheus Corsino
Nuilton Medeiros
Francisco Filho